Iluminação hospitalar com led

Por que a iluminação hospitalar com led é melhor?

As luzes fluorescentes contêm mercúrio que pode ser liberado se uma lâmpada quebrar. O mercúrio é tóxico e prejudicial se absorvido pela pele ou inalado.

Para reduzir o risco de danos há uma lista de procedimentos de limpeza, como deixar todos sair da sala, abrir portas ou janelas, desligar os sistemas de aquecimento e ar condicionado ou outras instruções específicas.

As lâmpadas fluorescentes e incandescentes também emitem doses baixas de radiação UV que podem danificar não apenas os materiais da instalação, mas também a pele e os olhos.

A exposição crônica a UV em baixas doses pode causar danos cumulativos à pele.

A exposição continuada aos raios UV também é prejudicial para os olhos. De acordo com um estudo de Harvard, a iluminação fluorescente aumenta as doenças oculares relacionadas em até 12%.

As possibilidades de lesões oculares e cutâneas são fatores importantes a serem considerados para uma instalação cujo objetivo é curar.

Uma solução no fim do túnel

Os leds não contêm mercúrio, ao menos que sejam especificamente lâmpadas UV. Também emitem muito pouca ou nenhuma radiação.

Somente esses fatores os tornam uma escolha melhor para os serviços de saúde. Sem mencionar que, ao contrário das lâmpadas fluorescentes, as luzes led não piscam ou emitem picos de cores.

Flutuações de cores e tremulação podem causar efeitos negativos, como dores de cabeça e tontura. Quando usadas para iluminação hospitalar as lâmpadas e os acessórios de led melhoram a saúde geral e eliminam a possibilidade de riscos adicionais à saúde decorrentes de lâmpadas fluorescentes e incandescentes.

CRI e desempenho do pessoal

Ver as cores como realmente são é fundamental nos ambientes de assistência médica.

A reprodução imprecisa de cores da pele ou do sangue pode levar a um diagnóstico incorreto ou falha na visualização de sinais de infecção ou icterícia.

As luzes led com altos índices de reprodução de cores podem garantir que as cores sejam vistas de forma precisa.

Mais controle

Lâmpadas led reguláveis proporcionam uma iluminação suave ao quarto do paciente.

Muitas luzes led são reguláveis, o que as torna ótimas para ambientes hospitalares e para as necessidades individuais dos pacientes. As luzes rgb de mudança de cor também estão disponíveis, bem como produtos de temperatura de cor variável.

Esses tipos de luzes podem ser úteis nas salas de ressonância magnética ou tomografia computadorizada para acalmar os pacientes, criando uma atmosfera relaxante ou dando a eles algo para se concentrar.

As temperaturas das cores têm algum controle sobre o funcionamento nos corpos. Ao controlar o sistema circadiano, a luz – natural e artificial – afeta muitos resultados de saúde entre pacientes e funcionários em hospitais, como depressão, sono, ritmos circadianos de atividade de repouso, bem como o tempo de permanência no hospital.

Enfim, estes pontos revelados no texto ajudam de forma direta a qualificar a iluminação hospitalar.