Descubra se Drymax funciona

Descubra se Drymax funciona ou não para bloquear suor nas axilas?

Drymax é um antitranspirante com cloreto de alumínio, uma substância aplicada de modo local que suprime a formação de suor ao fechar os ductos das glândulas.

Use todos os dias por duas semanas, depois mude para duas ou três vezes semanais. Concentrações mais altas são desnecessárias e podem até gerar irritação na pele.

Veja como funciona Drymax.

Drymax para combater suor excessivo

A transpiração intensa pode ter uma variedade de causas, do estresse emocional às alterações hormonais ou distúrbios neurológicos e infecções. Também pode ocorrer como efeito colateral da medicação.

Para combater o problema são necessários meios especiais como o Drymax. Porque um mero desodorizante não é suficiente contra transpiração intensa por apenas disfarçar os fortes odores.

Por dentro do funcionamento de Drymax

Os antitranspirantes são agentes de cuidados médicos pessoais que têm um efeito de vedação nas glândulas sudoríparas.

Formulados cientificamente, seus ingredientes garantem que os dutos das glândulas sudoríparas écrinas sejam bloqueados por reações naturais.

Isso é conhecido como efeito adstringente – e os ingredientes ativos responsáveis ​​são chamados adstringentes.

Compostos metálicos como cloreto de alumínio são usados ​​como adstringentes, sendo uma das principais composições de Drymax, nos limites legais conforme ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Os resultados de Drymax

Há pouco ou nenhum suor nos locais onde as glândulas sudoríparas foram bloqueadas por Drymax.

Portanto, este produto é um verdadeiro método de tratamento em particular recomendado para as pessoas que sofrem de transpiração excessiva.

Quando aplicado com regularidade Drymax gera o efeito de vedação nas glândulas sudoríparas permanentemente. Serve em todas as regiões do corpo às quais estão localizadas glândulas sudoríparas, das axilas à cabeça e ao rosto, à área genital e às palmas das mãos ou dos pés.

Diferenças entre Drymax e desodorantes comuns?

Os antiperspirantes se diferem dos desodorizantes que têm um efeito superficial, enquanto Drymax é mais profundo.

Além disso, os desodorantes são perfumados, enquanto um antiperspirante Drymax não contém fragrância. Mas, você pode usar primeiro Drymax e depois que estiver com a barreira de proteção aplicar o desodorante para se beneficiar do aroma.

Drymax funciona sem fragrâncias porque o principal objetivo é evitar que o suor escape e por consequência gere odores desagradáveis no corpo.

Comprovação científica

Na terapia local para transpiração intensa compostos metálicos como cloreto de alumínio, zinco e magnésio estão entre os adstringentes mais eficazes.

O hexa-hidrato composto de cloreto de alumínio, por exemplo, é considerado muito eficaz. Quando aplicado na pele garante a formação dos chamados complexos metal-mucopolissacarídeos.

Os antiperspirantes Drymax se ligam aos dutos de execução das glândulas sudoríparas como enxerto, reforçados pelas células epiteliais do próprio corpo, formadas durante a regeneração da pele.

Assim, as glândulas sudoríparas liberam apenas um fluido mínimo. Isso ajuda a evitar o fluxo de suor indesejado e a gerar resfriamento indesejável do corpo.

Como Drymax funciona

Como é o funcionamento de Drymax? A verdade revelada

Os componentes principais mais comuns nos antiperspirantes Drymax são compostos de alumínio. Além disso, existem substâncias como cloreto que reduzem a incidência do suor, estreitando de forma temporária os dutos das glândulas sudoríparas.

A quantidade de suor é reduzida em cerca de 90% com Drymax. A regulação da temperatura do corpo, controlada pelos suores, não é prejudicada se o produto for aplicado em pequenas áreas.

Como funciona Drymax?

Drymax quando aplicado no máximo 1 vez ao dia forma uma barreira de proteção na pele que não permite que o suor surja nos lugares afetados e busque novas áreas corporais para transpirar.

Isso quer dizer que o suor que iria para as axilas protegidas surge na cabeça, nos braços, nas pernas e outras partes corporais que não têm a aplicação do produto.

Por que antiperspirante Drymax é melhor do que desodorantes ou antitranspirantes?

Os ingredientes ativos dos desodorantes e antitranspirantes são fragrâncias e bacteriostáticos que não reduzem a quantidade total de suor, mas se destinam a evitar o cheiro desagradável.

Por outro lado, Drymax serve para bloquear o suor por tempo determinado. Aplique 1 vez para uma proteção de 24h pelo menos.

A problemática do suor excessivo

O suor por si só é quase inodoro, a verdadeira causa do odor é a excreção de bactérias que vivem na pele e se decompõem na pele.

Os antitranspirantes contraem ou obstruem as saídas das glândulas sudoríparas. Alimentos são removidos ou reduzidos das bactérias e a produção de excreções com cheiro desagradável diminui em conformidade.

Para alcançar um alto nível de eficácia é necessário cobrir as áreas problemáticas da pele com ingredientes ativos, sendo que Drymax representa a melhor solução do mercado para conseguir o completo bloqueio do suor.

Para diferentes partes do corpo

O primeiro desodorizante consistia em um creme ceroso à base de óxido de zinco. Os antiperspirantes têm como principal ingrediente ativo cloro-hidrato de alumínio, além de outros compostos.

Além das axilas, antiperspirantes especiais da Drymax também foram desenvolvidos para combater o suor extremo nas mãos e pés, para que os afetados tenham uma alternativa ao tratamento por iontoforese que pode ser caro além de demorar para gerar os efeitos desejados.

O segredo do funcionamento perfeito

Antiperspirante Drymax funciona com efetividade em 95% dos casos. Está entre os antiperspirantes mais vendidos dos Estados Unidos e agora faz fama no Brasil e em outros 35 países.

O segredo está na composição que possui alumínio conforme os limites recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e ao mesmo tempo gera os resultados esperados por quem procura uma solução rápida, simples e efetiva contra a transpiração excessiva.

Drymax obedece todas as exigências da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para ser considerado um produto seguro ao uso para maiores de 18 anos.

Iluminação escolar com led

Iluminação escolar com led favorece tecnologia e saúde das escolas

Departamento de Energia dos EUA descreveu a iluminação integrada de led de última geração para salas de aula como um sistema excepcional, eficiente em termos de energia, ajustável e regulável.

O relatório enfatiza que a iluminação na sala de aula deve oferecer flexibilidade para acomodar diferentes métodos de ensino.

A iluminação led é considerada um dos principais componentes de edifícios inteligentes. Os avanços atuais na área incluem sensores incorporados e recursos de rede que permitem a otimização em salas de aula, auditórios ou outras áreas.

Quais são os benefícios da iluminação escolar para a saúde?

As lâmpadas fluorescentes não são apenas um desperdício de energia. Elas podem prejudicar sua saúde e bem-estar. A substituição das luzes fluorescentes pela iluminação led em ambientes educacionais está associada a diversos benefícios saudáveis.

Menos chances de contaminação

A instalação de luminárias led pode reduzir o risco de exposição a contaminantes nocivos, agentes cancerígenos prejudiciais ao sistema nervoso, imunológico e endócrino, frequentemente presentes nos reatores fluorescentes.

Embora todos esses reatores tenham potencial de vazamento ou ruptura, alguns deles também são conhecidos por emitir pequenas quantidades de agentes durante seu uso normal.

A tecnologia de iluminação fluorescente desatualizada contém outro contaminante mais familiar: Mercúrio, ativo quando a corrente elétrica passa pelo tubo de contenção de vidro.

Dependendo de como você está exposto ao contaminante ele pode entrar no seu corpo através da pele ou dos pulmões. Se um tubo fluorescente quebrar, qualquer pessoa próxima corre o risco de contaminação por mercúrio, o que torna os tubos fluorescentes um sério risco à segurança nas escolas.

O mercúrio também é perigoso porque produz luz UV, cuja radiação pode danificar os tecidos da pele ou dos olhos que se expostos por muito tempo a catarata pode se formar, assim como a degeneração macular (causa mais comum de cegueira) também tem chances de ocorrer.

Mais qualidade na iluminação escolar

Com leds há melhoria no desempenho visual e conforto. O brilho junto à cintilação são dois problemas associados a luzes desatualizadas, podendo afetar os professores ou alunos.

Há menos irritação para estudantes autistas: Estes alunos são suscetíveis aos efeitos nocivos da iluminação fluorescente, incluindo uma sensibilidade aumentada ao direcionamento de luz.

Isso pode levar a fadiga ocular, dores de cabeça e um aumento no comportamento repetitivo ou compulsivo.

Por outro lado a iluminação led é resistente ao efeito de cintilação, o que a torna uma excelente opção para os corpos dos estudantes de educação especial.

Economizar luz em escolas

Como economizar luz em escolas?

A mudança para lâmpadas led na escola pode reduzir seu consumo de energia em até 80%. Ao adicionar refletores, sensores, lentes, cronômetros e outras opções sua escolha aumenta ainda mais a economia.

As instalações educacionais no Brasil que continuam operando com lâmpadas fluorescentes ou incandescentes gastam mais dinheiro tentando compensar o calor produzido por essas luzes desatualizadas.

Ao atualizar para luzes led as economias geradas por essas despesas evitadas podem ser relegadas para outras partes de suas instalações que requerem mais atenção.

Para escolas interessadas em atualizar para luzes led siga estas etapas para garantir que sua atualização seja a mais bem-sucedida e econômica possível:

Auditoria

Reúna dados sobre o consumo de energia da sua escola e apresente as informações aos tomadores de decisão para obter apoio.

Maquete

Faça a maquete de uma área da sua escolha: Depois de ter a aprovação da administração monte com as luzes led que você propôs no projeto.

Promoções

Procure descontos de serviços públicos. Fale com seu representante ou distribuidor local para descobrir se você pode ter descontos de serviços públicos.

Finanças

Buscar financiamento! Em algumas situações esse pode ser o passo mais difícil. Sua escola às vezes não tem dinheiro para atualizar toda a iluminação de uma só vez. Ela pode ter que ser instalada em fases por um longo período.

Mais flexibilidade e controle com leds

As salas de aula equipadas com controles de iluminação podem combinar a temperatura da cor com determinados horários do dia / atividades específicas, o que por consequência ajuda a economizar luz em determinadas horas.

Essas predefinições ajustáveis podem ser ajustadas para atividades que exigem uma sensação de calma ou atenção, conforme necessário.

No entanto, recursos ainda mais básicos, como o escurecimento, estão sendo implementados em menos de dois por cento das salas de aula dos EUA, o que pode ter impacto significativo na experiência de aprendizado de alunos.

Menos tremulações em vídeos

A iluminação led também pode melhorar a experiência educacional dos alunos fora da sala de aula.

Educação online é agora o principal caminho educacional e fonte de receita para as escolas.

Porém, grande parte do conteúdo digital pode ser gravada sob iluminação fluorescente, o que causa um tremor perturbador nas gravações de vídeo e apresentações digitais.

Quando as luzes estão esmaecidas esse efeito de cintilação é ainda mais exacerbado.

No entanto, graças aos recentes avanços na iluminação led, agora você pode escolher luzes sem tremulação com recursos de escurecimento e ajuste de cores numa ampla gama de iluminação sem interferência ou faixas perceptíveis.

Iluminação escolar

Iluminação escolar: Por que leds são melhores do que fluorescentes?

Antes da década de 1920 as escolas eram iluminadas pela luz do dia, pois a iluminação artificial não estava disponível na época.

Então, de 1920 até 1947 houve um movimento de “ar livre” nas escolas, pelo qual os arquitetos incorporaram espaços naturais em seus projetos.

Com o bem-estar fisiológico e psicológico de seus alunos em mente, muitas escolas implementaram exercícios físicos e atividades ao ar livre.

Porém, neste período pós-guerra, as escolas começaram a mudar o foco para iluminação, acústica, aquecimento, ventilação e outros elementos nos desenhos arquitetônicos. Foi aí que as luzes fluorescentes se tornaram utilizadas nos sistemas de iluminação escolar em massa.

Led: O início de uma nova era

No entanto, nos últimos anos, estudos têm mostrado que a iluminação fluorescente tem vários efeitos adversos nos alunos, o que motiva as escolas a substituírem a iluminação fluorescente por lâmpadas led.

Os pesquisadores também realizaram vários estudos relacionados à iluminação no campo da saúde. Pesquisas sobre os efeitos levaram ao desenvolvimento de práticas utilizadas para melhorar o desempenho da equipe e o bem-estar dos pacientes.

Agora as escolas estão usando iluminação led com altas temperaturas de cor para manter os alunos alertas para apoiar o humor, a cura e o bem-estar dos jovens.

À noite, os hospitais também estão diminuindo as luzes nas áreas dos pacientes e ajustando às temperaturas de cores mais quentes, indicando períodos de descanso para funcionários, pacientes e familiares.

Os pesquisadores descobriram que essas práticas promovem a melhoria da qualidade do sono dos alunos de escolas e pacientes de hospitais.

Em nome do meio ambiente

As luzes fluorescentes também podem causar interrupções no dia escolar se quebrarem ou danificarem por danos resultantes de pequenas quantidades de mercúrio contido nas lâmpadas.

Em resposta, diversas agências ambientais do mundo estabeleceram regras específicas para escolas que precisam substituir lâmpadas fluorescentes quebradas.

Se uma lâmpada fluorescente quebrar durante o horário escolar a escola deve ser evacuada até que todos os vestígios de mercúrio sejam removidos das instalações.

Com a iluminação led esse tipo de interrupção nunca ocorreria porque as luzes não contêm materiais perigosos encontrados nas lâmpadas fluorescentes.

Mais economia nos custos

As escolas que optarem por instalar os leds não devem ver apenas um aumento no desempenho acadêmico – elas também terão uma conta de energia reduzida.

Ao contrário das luzes fluorescentes leds são livres de mercúrio e recicláveis, o que os torna a opção de iluminação mais ecológica.

Os leds consomem menos energia do que qualquer outro tipo de iluminação disponível no mercado, o que significa custos de energia e manutenção reduzidos substancialmente.

Vantagens da iluminação led ao ensino em escolas

Vantagens da iluminação led ao ensino em escolas

Leds (luzes de diodo emissor de luz) oferecem muitos benefícios para residências ou empresas como eficiência energética, durabilidade, flexibilidade e melhoria da qualidade geral da iluminação.

Em particular, as escolas de ensino fundamental e médio costumam ver melhorias no desempenho acadêmico após a atualização para as luzes led.

Se você trabalha em escola e procura uma maneira econômica de melhorar a experiência de aprendizado de seus alunos investir na tecnologia led representa um caminho crucial para alcançar esses objetivos

Melhor desempenho escolar

Um dos benefícios mais importantes da instalação de luzes led nas salas de aula é o melhor desempenho acadêmico dos alunos.

Vários estudos descobriram que leds podem ser ajustadas para imitar a luz natural, que é conhecida por melhorar a concentração e aumentar a capacidade de aprendizado.

As luzes led podem ser ligadas para enfatizar as iluminações branca e azul, o que aumenta a produtividade e a concentração.

Os alunos mais jovens tendem a ter dificuldade em se concentrar no início da manhã. A iluminação led pode ajudar a mudar seus ritmos biológicos naturais para superar o cansaço no início da manhã e começar bem o dia!

Pesquisadores descobriram que luzes de led podem aumentar as habilidades cognitivas e reduzir taxas de erro dos alunos.

Palavras do especialista

Um estudo conduzido pelo professor Michael Markwork, da Universidade de Hamburgo, investigou os benefícios da luz led no comportamento de aprendizagem. Esta investigação acadêmica envolveu 20 professores e 200 jovens, com idades entre 9 e 17 anos.

Nas salas de aula do grupo de teste se instalou iluminação dinâmica permitindo que os professores ajustassem as luzes para um ambiente adequado a cada atividade de aprendizado ou hora no dia.

Nesta experiência os professores puderam escolher entre quatro esquemas de iluminação predefinidos diferentes:

Normal

Configuração adequada para atividades regulares na sala de aula.

Energia

Configuração para revigorar os alunos quando eles precisam ser mais ativos, como no início do dia escolar ou após o almoço.

Foco

A configuração do foco foi projetada para ajudar os alunos a se concentrarem em tarefas desafiadoras.

Calma

Essa quarta configuração foi projetada para relaxar os alunos durante tarefas individuais ou momentos de silêncio.

Ao contrário da maioria dos sistemas de iluminação, que vêm com uma saída de luz e clima de cor fixas, cada um desses esquemas tinha uma saída de luz e temperatura de cor diferentes.

Interessante notar que led é uma ótima opção para configurações que exigem flexibilidade. Os resultados do experimento indicam que:

  • Alunos aumentaram a velocidade de leitura em até 40% na média.
  • Os alunos reduziram erros de ortografia em 49%.
  • Quando os professores deram aos alunos problemas matemáticos para resolver usaram o esquema de iluminação calmo, que reduziu a hiperatividade dos jovens em 77%!
Usar lâmpadas de led em hospitais

É seguro usar lâmpadas de led em hospitais

A resposta ao título da pergunta é: Sim! Além de serem mais eficientes, estas iluminações com tecnologia de ponta são controláveis para o conforto de pacientes e não possui substâncias tóxicas na composição.

Led e ressonância magnética

Um método de controle de iluminação hospitalar com led é o uso de sensores de ocupação.

Esses sensores economizam dinheiro além daqueles que resultam do consumo reduzido de energia, desde que compostos por led. Os sensores prolongam ainda mais a vida útil das lâmpadas e dos acessórios, desligando-os quando não houver ninguém na área.

Esses sensores são mais adequados para áreas de baixo tráfego.

Vida útil e temperatura de funcionamento

As luzes led são projetadas para durar aproximadamente de 27 a 45 vezes mais que as lâmpadas incandescentes e seis vezes além do que as lâmpadas fluorescentes e compactas.

Em uma grande unidade de saúde do hospital o tempo é essencial. Cada minuto de inatividade das lâmpadas queimadas significa menos produtividade e mais custos de manutenção.

Por exemplo, lâmpadas queimadas nas salas de ressonância magnética e tomografia computadorizada podem custar milhares de reais a um hospital por cada hora perdida.

Os custos não se limitam apenas a pagar os trabalhadores de manutenção para trocar as lâmpadas e pagar médicos e técnicos. O tempo de inatividade nessas salas também resulta em perda de produtividade e atrasos no diagnóstico do paciente.

Quando a iluminação do hospital se apaga, muitas coisas podem ser afetadas. Cirurgiões e enfermeiros precisam de luz adequada para cuidar adequadamente dos pacientes.

Quando as luzes se apagam se abre a porta para erros, coloca os pacientes em risco e desperdiça um tempo valioso.

A iluminação led hospitalar não apenas reduz o tempo de inatividade e os custos de manutenção, mas também diminui drasticamente os custos de energia.

Outro benefício do uso de luzes led em hospitais é a emissão mínima de calor. Nas salas de cirurgia os cirurgiões e enfermeiros devem se sentir confortáveis.

Trabalhar sob luzes quentes aumenta o risco de erros durante uma operação e pode secar o tecido exposto do paciente.

Com toda a pesquisa realizada sobre iluminação hospitalar, os benefícios e vantagens das luzes led, é fácil ver o porquê de leds serem a melhor escolha para instalações de saúde.

Leds não apenas fornecem as temperaturas, os índices de reprodução de cores e as opções de controle que os hospitais precisam realmente, mas também economizam dinheiro e causam menos interrupções no atendimento ao paciente.

Apenas um hospital que muda para luzes led pode ter um impacto positivo na saúde do paciente, na satisfação da equipe e no meio ambiente.

Iluminação hospitalar com led

Por que a iluminação hospitalar com led é melhor?

As luzes fluorescentes contêm mercúrio que pode ser liberado se uma lâmpada quebrar. O mercúrio é tóxico e prejudicial se absorvido pela pele ou inalado.

Para reduzir o risco de danos há uma lista de procedimentos de limpeza, como deixar todos sair da sala, abrir portas ou janelas, desligar os sistemas de aquecimento e ar condicionado ou outras instruções específicas.

As lâmpadas fluorescentes e incandescentes também emitem doses baixas de radiação UV que podem danificar não apenas os materiais da instalação, mas também a pele e os olhos.

A exposição crônica a UV em baixas doses pode causar danos cumulativos à pele.

A exposição continuada aos raios UV também é prejudicial para os olhos. De acordo com um estudo de Harvard, a iluminação fluorescente aumenta as doenças oculares relacionadas em até 12%.

As possibilidades de lesões oculares e cutâneas são fatores importantes a serem considerados para uma instalação cujo objetivo é curar.

Uma solução no fim do túnel

Os leds não contêm mercúrio, ao menos que sejam especificamente lâmpadas UV. Também emitem muito pouca ou nenhuma radiação.

Somente esses fatores os tornam uma escolha melhor para os serviços de saúde. Sem mencionar que, ao contrário das lâmpadas fluorescentes, as luzes led não piscam ou emitem picos de cores.

Flutuações de cores e tremulação podem causar efeitos negativos, como dores de cabeça e tontura. Quando usadas para iluminação hospitalar as lâmpadas e os acessórios de led melhoram a saúde geral e eliminam a possibilidade de riscos adicionais à saúde decorrentes de lâmpadas fluorescentes e incandescentes.

CRI e desempenho do pessoal

Ver as cores como realmente são é fundamental nos ambientes de assistência médica.

A reprodução imprecisa de cores da pele ou do sangue pode levar a um diagnóstico incorreto ou falha na visualização de sinais de infecção ou icterícia.

As luzes led com altos índices de reprodução de cores podem garantir que as cores sejam vistas de forma precisa.

Mais controle

Lâmpadas led reguláveis proporcionam uma iluminação suave ao quarto do paciente.

Muitas luzes led são reguláveis, o que as torna ótimas para ambientes hospitalares e para as necessidades individuais dos pacientes. As luzes rgb de mudança de cor também estão disponíveis, bem como produtos de temperatura de cor variável.

Esses tipos de luzes podem ser úteis nas salas de ressonância magnética ou tomografia computadorizada para acalmar os pacientes, criando uma atmosfera relaxante ou dando a eles algo para se concentrar.

As temperaturas das cores têm algum controle sobre o funcionamento nos corpos. Ao controlar o sistema circadiano, a luz – natural e artificial – afeta muitos resultados de saúde entre pacientes e funcionários em hospitais, como depressão, sono, ritmos circadianos de atividade de repouso, bem como o tempo de permanência no hospital.

Enfim, estes pontos revelados no texto ajudam de forma direta a qualificar a iluminação hospitalar.

Vantagens das lâmpadas de led

Conheça as vantagens das lâmpadas de led para hospitais e centros de saúde

Desde que nos lembramos, os hospitais e as instalações de saúde usam luminárias incandescentes e fluorescentes para iluminar quartos de pacientes, consultórios, corredores, banheiros, etc.

Essas luzes foram usadas por causa de facilidade na produção, pelos baixos custos e pela disponibilidade.

O que os gerentes das instalações hospitalares não conseguem perceber é que as luzes incandescentes e fluorescentes não são confiáveis ​​e podem ter muitos efeitos negativos nos pacientes.

Quando se trata de iluminação hospitalar, as lâmpadas e luminárias led são as melhores alternativas por vários motivos. Algumas destas motivações você verá adiante:

Temperaturas de cores e ritmo circadiano

As luzes led estão disponíveis em vários tons de branco. Essas tonalidades são chamadas de temperatura de cor correlacionada de uma lâmpada, medida em Kelvin, que é semelhante a graus em Celsius.

Diferentes temperaturas na escala kelvin representam cores diferentes. Por exemplo:

  • De 2.000k a até 3.500k: Laranja e amarelo;
  • De 3.500k a até 5.000k: Branco
  • De 5.100k a até 20000k: Branco azulado.

Durante o dia, a luz muda de uma cor branca quente ao amanhecer para um branco natural e depois ao branco frio à tarde, de volta para branco natural e, eventualmente, para uma cor branca ultra quente ao pôr do sol.

Nossos corpos estão acostumados a esse ciclo de luz. Luzes artificiais que se desviam do ciclo de iluminação natural podem prejudicar nossos ritmos circadianos.

Diferentes tipos de luz desencadeiam efeitos fisiológicos. A azul ou branca, semelhante a uma iluminação brilhante do meio-dia, suprime a melatonina e aumenta a serotonina; essa luz é ótima para atividades.

Por outro lado, a luz vermelha / laranja desencadeia melatonina na preparação para dormir. Se tudo estiver em equilíbrio, o corpo gerará dopamina, serotonina, cortisol e melatonina nas quantidades certas, na hora correta do dia.

Nos hospitais e centros de saúde é importante que os pacientes e a equipe tenham acesso à luz branca fria, semelhante à iluminação do dia. Vários estudos documentaram a importância da luz na redução da depressão, diminuição da fadiga, melhoria da atenção, modulação dos ritmos circadianos e tratamento de condições em bebês.

Além disso, a presença de janelas no local de trabalho e o acesso à luz do dia foram associados a uma maior satisfação com o ambiente de trabalho.

As janelas são o melhor método para acessar a luz do dia, mas as luzes brancas e frias de led – junto com as temperaturas de cor certas nos momentos certos – podem ter o mesmo efeito no corpo.

Temperaturas de cores mais quentes levam à liberação de melatonina, que causa sonolência. Isso é apropriado durante o horário de dormir, mas causa problemas para quem precisa ficar acordado, como enfermeiros e médicos durante a noite.

A introdução de luz branca natural ou fria em corredores, salas de cirurgia e postos de enfermagem pode ajudar a equipe do hospital, especialmente os trabalhadores noturnos, a se sentirem mais alertas e energéticos.

Benefícios da iluminação led

Quais são os benefícios da iluminação led?

A iluminação led é de longe a maneira de iluminar mais eficiente em termos de energia, limpa e ecológica. Esta tecnologia vem com uma infinidade de benefícios surpreendentes. Conheça as principais vantagens a seguir.

Vida longa da iluminação led

A vida útil longa se destaca como o benefício número um das luzes led.

As lâmpadas e diodos de led têm uma excelente expectativa de tempo de vida operacional de até 105 horas. São 11 anos de operação contínua ou 22 anos de 50% de operação.

Se você deixar a luminária de led ligada por oito horas por dia levará cerca de 21 anos para substituir a lâmpada.

Os leds são diferentes da iluminação padrão: Eles realmente não se apagam e param de funcionar como lâmpadas comuns.

Além disso, os diodos de iluminação emitem níveis mais baixos de saída por um período muito longo e ficam menos brilhantes.

Eficiência energética das lâmpadas de led

É a maneira mais eficiente de iluminação atual, com uma eficiência energética estimada de 82% a 92% quando comparada à iluminação tradicional e às lâmpadas convencionais.

Isso significa que cerca de 85% da energia elétrica é convertida em luz, enquanto 15% são perdidos e convertidos em outras formas de energia, como o calor, por exemplo.

Qualidade durável na tecnologia led

Os leds são extremamente duráveis ​​e construídos com componentes resistentes, capazes de suportar até as condições mais adversas.

Como as luzes led são resistentes a choques, vibrações e impactos extremos, elas possuem excelentes sistemas de iluminação externa para condições adversas e exposição ao clima, vento, chuva ou mesmo vandalismo externo, exposição pública relacionada ao tráfego e locais de construção ou fabricação.

Flexibilidade de design

Os leds podem ser combinados de qualquer forma para produzir iluminação altamente eficiente.

Há inclusive produtos escurecidos, resultando em um controle dinâmico da luz, cor e distribuição. Sistemas bem projetados podem obter efeitos de iluminação fantásticos, não apenas para os olhos, mas também ao humor e à mente.

Operacional em temperaturas frias ou quentes

Os leds são ideais para operação sob configurações de temperatura externa fria e baixa. Para lâmpadas fluorescentes, baixas temperaturas podem afetar a operação e apresentar um desafio, mas a iluminação também funciona bem tanto em ambientes frios como nos ambientes externos de inverno, nas salas de freezer, entre outros locais.

Dispersão de luz é uma excelente vantagem dos leds

O led foi projetado para focalizar sua luz e pode ser direcionado ao local específico sem o uso de um refletor externo, atingindo uma eficiência de aplicação mais alta que a iluminação convencional.

Os sistemas de iluminação led bem-projetados são capazes de fornecer luz com mais eficiência ao local desejado.

Baixa voltagem

Uma fonte de alimentação de baixa tensão é suficiente para a iluminação do led.

Isso facilita o uso da iluminação led também em ambientes externos, por conexão a uma fonte externa de energia solar, uma grande vantagem quando se trata de usar a tecnologia led em áreas remotas ou rurais.

Enfim, estas são as vantagens da iluminação de led. Fique por dentro do nosso blog para descobrir mais novidades sobre esta tecnologia eficiente.